A História da Pistola Colt M1911

Fala galera, beleza? Hoje vamos aproveitar que estamos próximos do dia 19/11 e voltar mais uma vez na história pra falar sobre essa que foi uma revolucionária no mercado de armas curtas: a Colt M1911 ou Projeto M1911. Vamos lá?

 

A M1911 foi criada no ano de 1911 pelo famoso armeiro John Moses Browning. Ela surgiu da necessidade do Exército Americano de uma arma curta, ágil e versátil, tudo isso aliada à potência.

 

Os Estados Unidos haviam saído da Guerra Filipino-Americana no início do ano 1900 com novas necessidades e idealizações. A pistola utilizada na época já se encontrava ultrapassada para a demanda do Exército.

 

John Browning já possuía pronto um projeto chamado M1900 para a Colt, que chegou a ter alguns modelos fabricados. Esse projeto foi modificado alterando o padrão da munição e colocando um desempenho maior, se adequando aos padrões solicitados. Essa alteração ficou conhecida como “Projeto M1911” e foi um sucesso de aceitação e preferência.

 

Até o ano de 1917 ela foi pouco fabricada. Nesse ano ocorreu o ingresso do Exército Americano na Primeira Guerra Mundial, e foi aí onde ocorreu a explosão de fabricação. A M1911 ficou consagrada como pistola oficial do Exército Norte-Americano por ter um desempenho impecável e ser muito bem falada entre os soldados.

 

A M1911 saiu da Guerra muito valorizada, foi levada para o armamento oficial do exército de mais de 28 países, inclusive o brasileiro.

 

Ela esteve presente também na Segunda Guerra Mundial, onde estima-se que houve uma fabricação de cerca de 39.500 pistolas desse modelo para fornecimento do exército britânico.

 

A aceitação que o Projeto M1911 teve, se deve principalmente ao desempenho. Além disso, possuía manutenção e limpeza muito intuitivas e a grande facilidade em encontrar munição.

 

Seu uso perdurou por mais de 4 décadas, participou da I e II Guerra Mundial, da Guerra do Vietnã, da Guerra da Coreia, além de muitos outros confrontos. Por conta disso, a M1911 ganhou o apelido de “Old War Horse”, ou traduzindo, “Velho Cavalo de Guerra”.

 

Ela foi substituída no Exército Americano em meados dos anos 1980 pela Beretta 92SB. Porém continuou sendo fabricada pela Colt em diversas variações, como a M1911A1.

 

Desde o século passado, o Projeto M1911 segue sendo um dos projetos mais copiados da história. Ela possui versões em diversos países diferentes, até mesmo aqui no Brasil. A versão brasileira é fabricada pela IMBEL com o nome M973 e é utilizada nos dias de hoje pelo Exército Brasileiro.

 

O Projeto M1911 foi um modelo que ficou pra história positivamente. Hoje se tornou um modelo muito adorado por praticantes de Tiro Esportivo, praticantes de Airsoft e colecionadores devido a sua carga histórica.

 

E aí? Gostou da nossa curiosidade de hoje? Qualquer dúvida, crítica ou sugestão, deixa pra gente nos comentários. Até a próxima!

Pistola M1911 Colt VentureShop

Avalie este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *