Introdução à Cutelaria

A postagem de hoje encerra nosso primeiro circuito pela pesca, durante as semanas que se passaram vimos um pouco mais sobre varas de pescar, chumbadas, iscas, linhas para pesca, molinetes, carretilhas, e por fim, hoje, falaremos sobre cutelaria.

Facas, canivetes, tesouras e alicates devem ser levados a uma pescaria para cortar linhas, iscas, ou até mesmo limpar os peixes pescados entre outras funções de emergência que pode ocorrer durante a sua pesca. No caso dos alicates estes são utilizados para retirar o anzol da boca do peixe com segurança e facilidade.

Uma faca é qualquer objeto cortante que pode ser empunhado. As facas são ferramentas utilizadas desde as eras mais primitivas da humanidade. Os canivetes tornaram-se populares por causa da sua portabilidade e rapidez de abertura das lâminas. Hoje em dia, ele é conhecido como o “vale-tudo” em termos de ferramenta. Seu grande diferencial em relação a facas e demais utensílios: ter lâminas extras e retráteis, além de acessórios variados que auxiliam o dia-a-dia.

Objeto utilizado para cortar materiais de pouca espessura, as tesouras podem cortar papel, tecidos, arames, cabelo, unhas, linhas de pesca, entre outros. Os primeiros registros históricos de um objeto semelhante a uma tesoura surgem no Antigo Egito, por volta de 1500 a.C. Hoje em dia, existem vários tipos de tesoura, especializadas para várias aplicações. Adaptados também para o uso de canhotos ou ambidestros. O Alicate serve para segurar, cortar, dobrar, colocar e retirar objetos. Existem vários tipos de alicates. Entre eles estão: alicates universais, de bico, de compressão e de eixo móvel.

 

cutelaria-pesca-venture-shop

Esperamos que tenham gostado!

Forte abraço e até a próxima.

Avalie este post

Praticante de Airsoft, Atirador de precisão com carabinas e apaixonado por Arco e Flecha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *