Praia do sono: como chegar, o que levar e passeios

Praia do sono: como chegar, o que levar e passeios

A Praia do Sono é um paraíso, saiba mais sobre.

E aí, pessoal? Tudo em cima? 

O que está bom vai melhorar porque hoje nós vamos falar sobre viagem, é isso aí, quem não gosta de dar uma volta por aí conhecendo novos lugares, explorando a natureza e se aventurando por novas trilhas? Pois, então, a dica de hoje é a Praia do Sono, um pedacinho do paraíso localizado no litoral sul fluminense, pertinho de Paraty (RJ).

 Gostou, né? Então, vem com a gente nessa trip.

Essa é uma viagem para aventureiro algum botar defeito, porque a Praia do Sono fica em um local bastante preservado, onde se trabalha para criar uma harmonia entre a população local, o turismo e a pesca. Por isso, uma das opções mais viáveis de alojamento é o camping

Acesso

Não é possível ter acesso direto à Praia do Sono de carro, por isso, se esse for seu meio de transporte, você poderá ir até a Vila do Oratório e estacionar (25,00 por dia, aproximadamente). Para fazer o restante do caminho, você tem duas opções. A primeira é o barco, no Condomínio das Laranjeiras, esse é um transporte pago (cerca de 50,00 por pessoa) e os barqueiros fazem a condução. A segunda possibilidade é fazer o caminho a pé por uma trilha. Apesar de ser um caminho com boa estrutura e sinalização, apresenta um nível de dificuldade moderado a difícil. Caso opte pela trilha, segura a ansiedade e esteja preparado para andar por, no mínimo, uma hora.

Localização

Tanto a trilha quanto a Praia do Sono ficam na reserva biológica Estadual de Juatinga, essa é uma área de preservação ambiental, por isso, os visitantes devem acampar apenas nas áreas destinadas para isso, ou seja, a área de camping que é paga por pessoa (30,00 por dia, aproximadamente).

Hospedagem – O que levar?

Você já sabe como chegar até a praia, que o camping é a opção de hospedagem e que será uma aventura, mas e as coisas que deve levar? A Venture te dá essa mão na roda e traz essa lista com algumas coisas para levar para a Praia do Sono:

Ela é indispensável, afinal, vamos acampar (A Venture tem ótimas opções, com diversos modelos e capacidades); 

  • Garrafa para água

Apesar de as trilhas apresentarem pontos para reidratação e haver os quiosques perto da praia, vale a pena ter seu próprio meio de armazenar água para tomar quando quiser; 

 Prefira peças confortáveis para andar e Calçado confortável, adequado para fazer todas as trilhas que quiser por lá; 

  • Roupas de frio

Embora você esteja esperando sol e calor, não deixe de levar pelo menos uma opção de frio, caso chova ou baixe a temperatura à noite;

  • Capa de chuva

Por falar em chover, leve uma Capa de chuva;

Acho que dormir no chão direto não é a melhor das opções, né?

Os cobertores de emergência são uma opção super leve e eficiente para levar em campings, principalmente, nas situações em que surge aquele frio inesperado;

  • Snacks

Esses lanchinhos podem ser barra de cereais, chocolates, amendoim, biscoitos, qualquer coisa que quiser comer rapidamente durante as trilhas ou ao longo de sua estadia no camping, só cuidado com o lixo, hein! 

  • Levar alimentos

Faça sua comprinha e leve coisas para cozinhar também, essa é uma opção viável, pois os campings oferecem estrutura para quem quiser cozinhar suas refeições.

Passeios

A essa altura você deve estar se perguntando: tá, eu vou para uma praia paradisíaca, super natureza, será que eu faço um cronograma de passeios ou deixo a vida (ou a onda) me levar? Bom, você é quem vai escolher. Os inquietos como eu, geralmente, gostam de ter um roteiro mais organizado com as coisas para fazer em cada dia da viagem, mas caso você planeje ou não, aqui vão alguns dos muitos passeios incríveis para fazer na Praia do Sono e região próxima:

  • Trilhas

essa é uma das primeiras opções, dá pra caminhar relaxando, pensando na vida e na recompensa do fim da jornada que pode ser uma cachoeira maravilhosa como a cachoeira das Galetas ou o mirante que tem uma vista da praia que é de cair o queixo.

  • Outras opções:

A praia de Antigos e Antiguinhos;

O poço dos jacarés;

A praia de Ponta negra e, claro, não poderia deixar de citar os barzinhos da praia que tem música à noite e um arrasta pé super animado.

Vamos às regrinhas e lembretes…

Brincadeira, pessoal, mas é bom estar a par de alguns aspectos para não ser pego de surpresa. O primeiro ponto bem importante é que seus amiguinhos pets não deverão acompanhar você dessa vez, pois na Praia do Sono não é permitido levar animais. Essa é uma regra que visa a preservação do local. Podemos entender como uma proteção para nossos bichinhos, pois estamos falando de um local cercado de mata, um pouco mais isolado, seria complicado se eles se perdessem em algum desses locais durante a viagem, não é mesmo? 

Essa é uma trip para você curtir a natureza de um jeito especial e diferente. É uma experiência ideal para quem gosta de estar livre e despojado, curtir as belezas de um jeito simples. Não espere encontrar resorts de luxo, hotéis super caros, pois essa não é a pegada do lugar. 

Comunidade do camping

Nunca é demais falar sobre o senso de coletividade também, né, pessoal? Lá a gente divide o espaço com os moradores da comunidade e o camping com outras pessoas que também querem curtir, relaxar e explorar a natureza, então, é legal lembrar-se de moderar o som para não incomodar, usar os locais comuns como banheiros, cozinha com consciência e deixar tudo limpinho sem embalagens, mandar mal com a natureza não combina com o rolê. 

Bom, acho que depois dessas dicas da Venture você está mais do que preparado para embarcar nessa viagem super especial, seja sozinho ou em companhia, com certeza, serão momentos para guardar e lembranças para querer voltar muitas outras vezes. 

Ah! E não deixe de me contar se você tem vontade de ir para esse refúgio natural que é a Praia do Sono, se já foi e o que mais gostou, é só escrever o que quiser aqui embaixo nos.

Se estiver viajando sozinho, veja aqui 13 dicas!

 

Valeu, pessoal! Curta a vida e até a próxima!

Avalie este post
Photo of author

Autor: venture

Deixe um comentário