Entenda melhor sobre a Pesca Esportiva

Salve galeraaa, como vocês estão? Tudo beleza? O blog de hoje é sobre um assunto pouco conhecido e que gera bastante dúvidas.

 

 

A Pesca Esportiva é uma modalidade pouco explorada no Brasil, embora venha ganhando espaço a cada ano que passa.

 

 

Diferentemente da pesca tradicional, a pesca esportiva ou recreativa não tem por finalidade de comer ou vender o peixe, sendo assim, logo após ser fisgado, o peixe é devolvido para água.

 

 

Há várias técnicas e até mesmo segredos para pegar o peixe com segurança e mantê-lo vivo até o momento de colocar em seu habitat natural novamente.

 

 

O que a maioria das pessoas não sabem, é que a pesca esportiva é focada em competições e até mesmo concursos, com muitas regras e objetivos. Uns tem foco no peixe maior, outros buscam pelo peixe Marlin ou outro que seja marinho e de porte grande. Mas ainda pode existir competições que foquem no peixe mais pesado, os mais raros ou na quantidade que consegue capturar em um menor espaço de tempo. Tudo vai depender das regras da competição.

 

 

O mais importante, é sempre fazer o possível para não machucar o peixe a ponto de comprometer sua sobrevivência assim que colocado novamente na água.

Mas para isso é importante seguir algumas dicas:

 

  • Manusear o peixe o maior tempo possível dentro d’água;
  • Manter as mãos molhadas para manusear o peixe fora d’água, já que a mão seca retira o muco que protege o peixe nesse ambiente hostil;
  • Use anzóis sem farpa ou com a farpa amassada;
  • Em caso de pesca em profundidade maiores do que 30 pés (9,144 metros), puxe o peixe de forma mais devagar, para dar tempo que ele possa se adequar em relação à pressão da água;
  • Para cansar menos o peixe, use uma linha de comprimento maior do que a recomendada, para que a luta dure menos tempo;
  • Na hora de retirar o anzol do peixe, utilize um alicate de bico. Se o anzol estiver muito profundo dentro do peixe, corte a linha e deixe o anzol dentro do peixe;
  • Use iscas artificiais ou moscas, já que peixes fisgados com essas iscas têm maiores chances de sobrevivência.
  • Seja rápido e gentil na hora de tirar o peixe para pesar, medir e fotografar o troféu.

 

 

Mesmo que pouco expandido, o Brasil possui muitos rios que são perfeitos para a prática da pesca esportiva. Vamos listar algumas delas:

 

 

  • RIO MADEIRA

 

Localizado no Amazonas, esse rio até dispensa apresentações, pois é um dos mais famosos e maiores, procurados para essa modalidade justamente pela riqueza de espécies de peixes. Diversos tamanhos e até mesmo desafios se encontram nesta região.

Aqui vocês poderão encontrar espécies como: Tambaqui, Pirarucu, Pacu, Jatuarana e o famoso Tucunaré.

Este último é procurado por pescadores do mundo inteiro!

 

 

  • RIO PARAIBUNA

 

Localizado na região de São Paulo, este rio chama muita atenção dos pescadores por possuir uma grande área de mata atlântica preservada.

Aqui você poderá encontrar os famosos Tucunaré e o peixe Dourado.

 

 

  • RIO GRANDE

 

Ainda no estado de São Paulo e cerca de 400 km da capital, é possível pescar nesse rio o popular Tucunaré, algo difícil de se encontrar nessa região e por este motivo que esse rio é tão procurado pelos pescadores dessa modalidade. 

Inclusive, é possível encontrar nessa espécie, peixes nas cores amarela e até azul, podendo também chegar até 5 quilos! Impressionante, não?

 

 

  • RIO SÃO FRANCISCO

 

Carinhosamente conhecido como ‘Velho Chico’, esse rio é um dos principais do Brasil, circulando por até 500 cidades de toda região nordeste e sudeste.

É super popular pela variedade de espécies que é possível encontrar nesse rio. São mais de 152 espécies! 

É possível encontrar peixes como Matrinxâs, Dourados, Piaus e várias outras espécies.

No entanto, é bom se precaver e se programar para ir, preferencialmente entre os meses de março e outubro, quando suas águas estão mais baixas e seguras.

 

 

  • RIO ARAGUAIA

 

Este é um destino super admirável para quem curte a pesca esportiva. Possui uma pluralidade de animais e paisagens naturais que deixam qualquer pessoa admirada.

Ainda, esse rio é tão rico em variedades, que é comparado até com o pantanal Sul Matogrossense!

Esse rio atravessa os estados do Goiás, Tocantins e Pará e você poderá encontrar espécies como: Pirararas, os Filhotes, os Matrinxãs, as Cachorras, os Tucunarés e os Dourados.

 

 

  • RIO PARAGUAI

 

Permitido a pesca somente entre os meses de março e outubro, esse rio é um dos favoritos para quem reside na região do Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, justamente por se localizar próximo ao pantanal.

Visitar a cidade de Corumbá é indispensável para os pescadores profissionais e até para os amadores e ainda é conhecida como “capital do Pantanal”.

Você pode entrar aqui Jaús, Pintados e Surubins. Nos meses subsequentes, a pesca de Pacu é a mais aconselhada.

 

 

  • RIO ROOSEVELT

 

Famoso pela quantidade de peixes mais “hostis”, acaba chamando mais a atenção dos pescadores que amam essa modalidade. 

ATENÇÃO: é muito importante utilizar equipamentos de qualidade, principalmente em regiões onde os peixes são mais “agressivos”, isso vai garantir a segurança tanto do pescador, quanto do peixe.

Entre as espécies mais procuradas nessa região, estão: Bicudas, Matrinxãs, Corvinas, Cachorras, Pirararas e Tucunarés.

 

 

  • RIO NEGRO

 

Também localizado na região norte, esse rio oferece, além da variedade de peixes, uma beleza sem igual.

O principal destaque são os Tucunarés, mas além deles, os pescadores poderão encontrar vários outros peixes grandes e com muita força, o que proporciona pescarias cheias de emoção e adrenalina.

 

 

COMO POSSO ESCOLHER OS LUGARES PARA REALIZAR A PESCA ESPORTIVA/RECREATIVA?

 

 

Você não precisa se deslocar para os rios citados acima para realizar a pesca esportiva. Basta observar os rios de sua região. Alguns detalhes como:

 

  • presença de aves aquáticas
  • proximidades com pedras, que são abrigos para os peixes menores, que servem de iscas para os peixes maiores
  • troncos e árvores submergidas, que também servem para os peixes grandes caçarem
  • margens com capim
  • presença de árvores frutíferas
  • existência de cachoeiras e/ou corredeiras.

 

Clique aqui para ver 8 truques para boas fisgadas noturnas.

 

De qualquer forma, antes de escolher os locais para a pesca, certifique- se de que é permitido praticar a pesca esportiva na região, a fim de evitar problemas com a fiscalização.

 

E aí, bora praticar essa modalidade nova?

O que acharam?

 

Deixe um comentário com algum elogio, sugestão ou crítica! Sua participação é muito importante para nós!

Avalie este post
Photo of author

Autor: venture

2 comentários em “Entenda melhor sobre a Pesca Esportiva”

  1. Olá Victor, tudo bem?
    É um excelente esporte, ajuda muito diminuir o estresse e melhora a concentração.
    Permanecemos a disposição.
    Tamo junto!

    Responder

Deixe um comentário