Dicas de manutenção e cuidados com arcos compostos!

Faaaala galera! Tudo certo?

 

O post de hoje é especial para a galera da arqueria. A gente sabe que tomar os devidos cuidados e realizar manutenções regularmente é a melhor forma de aumentar a vida útil dos arcos compostos. É por isso que no post de hoje nós trouxemos algumas dicas de manutenção para você cuidar certinho do seu equipamento.

 

Bora lá?

 

Cordas

 

O ideal seria realizar a substituição das cordas e cabos a cada um ou dois anos, ou então depois de cerca de 15 a 20 mil disparos.

 

Caso a corda ou os cabos apresentem falhas, é necessário que você faça a substituição. Lembrando que as cordas e cabos devem ser recolocados em conjunto.

 

Roldanas

 

Para que você consiga perceber algum tipo de problema em relação às roldanas, a forma mais fácil é marcar a posição delas nas lâminas quando estiverem na posição de brace height depois que o arco tiver configurado, com corda e cabo totalmente esticados. Dessa forma, caso as marcas estiverem em uma posição diferente da original, será mais fácil de identificar.

 

Lubrificação

 

Para garantir maior vida útil do equipamento, as roldanas e todas as partes móveis devem ser checadas e lubrificadas.

 

No caso das roldanas, é essencial a aplicação de óleo lubrificante no eixo excêntrico, aproximadamente a cada 1.500 a 2.000 disparos, ou então todos os meses.

 

Os lubrificantes utilizados devem ser à base de silicone ou teflon, do tipo seco para evitar sujeira.

 

Use cera

 

Para proteger a corda e os cabos de abrasão, desgaste e separação dos fios, eles devem ser devidamente encerados. Faça isso passando a cera diretamente na corda e cabos, mas não no serving e loop, depois disso, pressione com os dedos para espalhar e fazer com que ela se desmanche entre os fios.

 

Armazenamento

 

Se o seu arco for passar muito tempo guardado, o ideal é reduzir a potência ao peso mínimo. Para armazenar corretamente, faça uso de uma case apropriada e guarde longe de poeira e outras intempéries.

 

Dicas extra

 

Antes de atirar, inspecione se há desgastes ou danos no arco. Além disso, é essencial que todos os parafusos sejam reapertados regularmente.

 

Jamais deixe seu arco exposto ao calor extremo, pois a corda, os cabos e as lâminas podem sofrer danos.

 

Caso você utilize o equipamento na chuva, ele deve ser deixado para secar naturalmente, de preferência em um locar ventilado e na sombra. E tenha em mente que a corda e os cabos não podem ser encerados até que a umidade tenha evaporado.

 

É isso galera, esperamos que tenham curtido nosso post de hoje! Não se esqueçam que, qualquer dúvida, crítica ou sugestão, é só deixar pra gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

2 Comentários

  1. Boa tarde.
    Muito útil as informações.
    Tenho um arco composto que comprei usado, tudo certo, mas há alguns dias houve a quebra de um cabo de aço junto a uma das roldanas.
    Poderia me indicar um local na Baixada Santista para manutenção?
    Obrigado.

    • Boa tarde Claudio, tudo bem? Muito obrigada por participar do nosso Blog!
      Infelizmente não saberemos te informar próximo ao seu local onde você poderá achar uma assistência 🙁
      Estamos à disposição para o que precisar. Forte abraço!