Balestras Compostas e Recurvas, entenda a diferença!

Balestras Compostas x Recurvas: Qual a diferença?

Balestras Compostas e Recurvas, esse é o assunto de hoje, que ainda gera bastante dúvidas no universo da Arqueria.

Você conhece ambas?

Sabe a diferença?

Se não sabe, vamos listar aqui para você conhecer melhor.

Confere só:

Recurvas

bestas compostas e recurva

As bestas recurvas, também conhecidas como balestras recurvas, têm o diferencial de serem mais tradicionais. Geralmente, têm disparos mais potentes e uma prática mais robusta e rústica.

As Bestas Recurvas são um tipo de equipamento de aparência semelhante a uma espingarda e o arco e flecha, ela contém um arco acoplado.

Depois de acionar o gatilho, esse arco lança a munição, conhecida como seta, semelhante às flechas tradicionais.

Elas são mais precisas, pois têm menos partes móveis. A velocidade da flecha nas recurvas é compatível com as compostas, porém, as bestas recurvas são mais silenciosas e mais leves.

Compostas

balestras compostas e recurvas

As Bestas Compostas têm o diferencial do sistema de roldanas em sua composição.

As roldanas, também conhecidas como polias, oferecem um alívio de puxada chega até incríveis 80%!

Isso não significa que não vai ser difícil para puxar no começo. Isso significa que, quando você já tiver feito a força, as roldanas vão aliviar o peso.

Boa parte dos acessórios de uma besta composta pode ser usado nas recurvas, o que muda é apenas o sistema do arco.

Ideal para atividades de grande impacto em geral, pois são muito potentes. São ótimas para caça e competições* ou mesmo para lazer.

*Sempre verifique a legislação de caça para a sua região.

Confira aqui dicas de manutenção e cuidados com arcos compostos.

Quais as regras para o uso de Balestras Compostas e Recurvas no Brasil?

Não há uma regulamentação específica no Brasil para a utilização das balestras.

Porém, elas devem ser destinadas apenas para fins esportivos, seja em competições ou na caça em locais apropriados. 

Dependendo da tecnologia do equipamento, a seta pode atingir 400 km/h, por isso, cautela no seu disparo, pois são extremamente potentes.

Caso você não tenha experiência com esse artefato, é indicado adquirir uma mais básica para entender o seu funcionamento. 

Como são as competições de bestas recurvas e compostas?

A Federação Brasileira de Arco Balestra organiza campeonatos de tiro com esse equipamento, que tem a prática parecida com a do tiro esportivo e a do arco e flecha. 

As principais modalidades são a indoor, com alvos múltiplos e menores, e a outdoor, com alvos maiores e mais distantes.

Balestras Compostas e Recurvas: Cuidados Necessários

Assim como os componentes de uma arma de Tiro Esportivo ou Airsoft, os componentes de uma besta recurva e composta também sofrem desgastes. 

A corda é um dos componentes que mais sofrem desgastes, pois está sempre sofrendo muita tensão e atrito. 

É comum a necessidade recorrente da troca da peça. Por isso, recomendamos ter cordas extras disponíveis para sua reposição. 

Para a proteção das cordas é necessário também o uso de uma cera específica de besta, a fim de diminuir o atrito contra a corda, desse modo é possível aumentar sua vida útil. Evite também o conhecido “tiro seco”, ou seja, tiro sem munição, se isso acontecer os componentes de sua besta recurva ou composta podem ser seriamente danificados. 

Antes de adquirir sua besta recurva ou composta fique atento a força de sua puxada, pois é medido em libras e podem sofrer variações de 50lbs a 250lbs, dependendo de alguns modelos.

Aproveite e aprenda aqui a determinar qual é o seu olho dominante.

É super importante ter em mente suas principais necessidades e prioridades para que possa adquirir o produto certo.

Por isso, tire todas suas dúvidas sobre cada equipamento e escolha de acordo com sua estratégia de jogo ou atividade recreativa.

Deixe um comentário com algum elogio, sugestão ou crítica! Sua participação é muito importante para nós!

5/5 - (Total de avaliações: 2)
Photo of author

Autor: venture

Deixe um comentário