Viajando de Avião com Airsoft – Como Proceder?

Fala galera, beleza? No post de hoje a gente vai tentar esclarecer uma das dúvidas mais freqüentes que aparecem pra gente: vou viajar de avião, posso levar minha Airsoft? Vou pra uma operação longe, como vou fazer no avião?

 

Pois é, se essa dúvida também é sua, vem comigo!

 

Já vou começar dizendo que podem ocorrer algumas variações operacionais dependendo da companhia aérea ou mesmo do aeroporto… Mas o essencial vai ser especificado aqui. No mais, dê uma ligada no aeroporto pra informações mais específicas.

 

A primeira dica é separar os seus equipamentos e vestimentas específicas das roupas e objetos normais (pessoais). Atenção: aconselhamos não despachar essa mochila de roupas e objetos pessoais! Somente as armas de pressão e sua mala de acessórios. Melhor garantir!

 

Leve SEMPRE, em QUALQUER situação, a Nota Fiscal de todos os seus equipamentos! Suas passagens e seus documentos pessoais juntos também, em um lugar que você consiga acessar rápida e facilmente, para evitar desentendimentos.

 

Se o vôo for nacional, chegue com bastante antecedência no aeroporto e acondicione suas armas de pressão preferencialmente em uma case rígida. Se não tiver, não tem problema, você pode embrulhar em plástico bolha. O ideal é que não leve acessórios na mesma case, como munições, baterias, miras, etc.

 

Assim que chegar ao aeroporto, o ideal é que você vá direto ao guichê da companhia aérea e diga ao atendente, que você é esportista e que está com uma arma de pressão. É muito melhor que você diga arma de pressão do que Airsoft, assim não há brecha.

 

Provavelmente após esse momento serão feitas algumas perguntas a você e será necessário preencher alguns papéis. Não é comum pedirem pra ver as armas, mas pode acontecer. Caso aconteça, seja discreto.

 

Assim que preencher os papéis e responder as perguntas, te conduzirão até a Polícia Federal e ao Raio X de bagagens. Tudo ok nessa parte, a companhia ficará responsável dos equipamentos, que geralmente vão dentro da cabina do piloto ou em uma espécie de cofre.

 

Ao chegar ao seu destino, você receberá seus equipamentos de um funcionário e não os retirará na esteira (pode haver exceções). Em todos os casos, fique atento!

 

A grande dica sobre a Polícia Federal é: seja cordial, discreto e não queira se sobressair por ser um esportista.

 

No mais, boa viagem! Qualquer outra dica, sugestão ou dúvida, deixa aí nos comentários.

 

Até a próxima, valeu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

6 Comentários

  1. boa tarde, eu comprei duas pistolas spring de plastico (toy) nos Estados Unidos, para levá-las para o Brasil, é necessária alguma documentação especial ou só a nota fiscal ja basta?

    OBS: com a ponta laranja, nota fiscal e na embalagem original (lacrada).
    OBS2: não sou esportista.

    • Boa tarde caro amigo Lucas, tudo bem? Muito obrigada por participar do nosso Blog!
      Nesse caso, envolve mais do que uma simples viagem, tem a questão dos impostos e da sua compra poder ser uma “importação” sem os devidos documentos.
      Mas é ideal entrar em contato com a linha aérea e o aeroporto.
      Estamos à disposição para o que precisar. Forte abraço!

    • Bom dia, caro amigo Junior. Tudo bom? Obrigada por participar do nosso Blog!
      Nesse caso, o procedimento no Aeroporto nacional será o mesmo
      Você deve porém se atentar à legislação do país para qual você irá
      Faça uma pesquisa sobre isso antes de viajar 😉
      Qualquer dúvida estamos à disposição.
      Forte abraço!

  2. Bom post! Dúvida, você mencionou retirar acessórios, magazines, miras, etc.. iriam em bagagem de mão ou despacho em outra bagagem já que alguns são controlados?

    • Bom dia, Everton, tudo bem? Muito obrigada por participar do nosso Blog!
      O ideal é colocar em outra case e fazer o mesmo processo das armas.
      Estamos à disposição para o que precisar. Forte abraço!