Samuel Colt: Um Marco na História

Fala, galera. Beleza? Hoje nosso papo é histórico novamente, e vamos falar sobre um homem que revolucionou não só a história, como também o mercado e a economia da época: Samuel Colt! Vamos lá?

 

Inicialmente, o sobrenome Colt deve despertar sua memória. A grande marca de armas americana deve vir à sua cabeça. Mas você conhece como nasceu a marca?

 

Samuel Colt nasceu em 1814, em Connecticut, Estados Unidos, em uma grande família de agricultores, junto com mais 4 irmãos. Colt e a família moravam em uma grande fazenda, e aos 11 anos, o pequeno Samuel ajudava o pai na fazenda enquanto frequentava a escola.

 

Foi na escola que Colt conheceu o “Compendium of Knowledge”.

 

O “Compendium of Knowledge” era uma enciclopédia elaborada que continha diversos artigos sobre grandes invenções, como a pólvora, e Robert Fulton, inventor do primeiro barco a vapor. Foi o livro que motivou Samuel a criar coisas novas e ditas “impossíveis”.

 

Aos 15 anos, Samuel começou a trabalhar com o pai em uma fábrica téxtil, onde começou a coletar materiais para a fabricação de seu primeiro explosivo.

 

Aos 18 anos, Colt partiu com seu pai para uma viagem que, mais pra frente, seria considerada a viagem que mudou os rumos da indústria armamentista. O destino era Calcutá, e o meio de transporte era um navio comum.

 

Durante a viagem, Samuel Colt, inteligente como era, observou os detalhes do navio, e notou o funcionamento do eixo tracionador. E assim nasceu o revólver como conhecemos hoje.

 

Colt aplicou a lógica do eixo tracionador ao protótipo que estudava, e criou uma arma com um tambor com capacidade de 6 tiros. É válido lembrar que, na época, as armas eram abastecidas pelo cano, e tinham capacidade para apenas um tiro. O que Samuel criou foi o precedente para todos os modelos que conhecemos hoje.

 

A arma foi aprimorada, e, três anos depois, em 1835, com 21 anos, Samuel patenteou o primeiro revólver da história: o Colt 45.

 

O revólver revolucionário era mais fácil de carregar, mais preciso, mais simples de manusear e mais barato que seus concorrentes. As produções da época foram drasticamente alteradas e ele se tornou um dos homens mais poderosos do século XIX.

 

Samuel Colt faleceu em 1862, com 47 anos e em sua cidade natal. A empresa ficou com a esposa, Elizabeth, até o falecimento da mesma, quando foi vendida para um grupo de investidores.

 

E aí? Gostou da nossa viagem pela história? Qualquer dúvida, crítica ou sugestão, deixa pra gente nos comentários. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *