Saiba a diferença entre peixes de água doce e salgada

Faaaala galera! Tudo certo? Já faz um bom tempo que não falamos sobre pesca, por isso hoje resolvemos trazer um post especial para aqueles que são loucos por pesca!

 

Por acaso você sabe quais são as principais diferenças entre os peixes de água doce e os de água salgada? A verdade é que cada um deles tem características bem particulares, e por serem encontrados em lugares diferentes, a forma como são pescados também é diferente.

 

O fato de algumas espécies serem encontradas em lugares específicos pode influenciar diretamente em vários aspectos, como por exemplo, no sabor da carne, já que o animal pode adquirir propriedades únicas do lugar em que se desenvolveu.

 

Existem vários detalhes que diferenciam cada tipo de peixe, por isso é importante entender mais profundamente sobre o assunto antes de partir para a pesca. Então vamos lá!

 

Características do peixe de água doce

 

Quem costuma pescar frequentemente já deve ter percebido que os peixes de água doce são bem menores do que os de água salgada. Eles se reproduzem em lagos e rios, e as propriedades de seu habitat faz com que os líquidos corporais desse tipo de peixe sejam mais concentrados, isso faz com que eles absorvam uma quantidade maior de água e eliminem bastante urina.

 

Diferentes espécies se apresentam mais propícias a pesca em períodos distintos, por isso é importante saber que o clima influencia muito, e os melhores meses para pesca de peixes de água doce são os meses de março e abril.

 

Nesse período é possível encontrar espécies como, pintado, pirarucu e tilápia, que são os mais conhecidos e os mais consumidos também. As melhores iscas para esses tipos de peixes são pães, minhocas, queijo e coração de galinha.

 

Características do peixe de água salgada

 

Devido as condições do ambiente em que se encontram, os peixes de água salgado são bem maiores que os de água salgado, além disso, ainda apresentam mais variações, por isso é muito comum encontrar tantos peixes com aspectos, textura de escamas e cores diferentes. Também se movimentam mais, por estarem constantemente migrando pelos mares.

 

No entanto, apesar de serem grandes, é muito difícil encontrar peixes robustos, eles apresentam uma concentração menor de água por viverem no mar salgado. Também são menos resistentes e não se adaptam a condições mais baixas de habitação, por isso vemos cardumes de peixes mortos com tanta frequência.

 

O melhor período para pesca de peixes de água salgada são os meses mais quentes, que ocorrem de outubro a março. Com temperaturas mais elevadas, os peixes se concentram mais na superfície do mar, e um dos pontos mais positivos dessa época é que, os predadores dos peixes mais acessíveis sobem para se alimentar, resultando em uma quantidade maior de opções.

 

Caso queira ter um bom desempenho na pesca e conseguir peixes grandes, é importante fazer uso de iscas como camarão da região, sardinha e minhoca.

 

Podemos ver que as diferenças entre os dois tipos de peixe são bem pontuais, por isso é importante conhecer cada um para ter uma pesca bem sucedida.

 

Curtiu o post de hoje? Se houverem dúvidas ou sugestões, é só deixar aqui nos comentários!

 

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *