Review – Bota Cardume Sahara Stone

Sahara Stone

A bota Sahara Stone , da empresa Cardume, é uma bota leve, resistente a água, excelente para usar no dia a dia, para pescar, caçar, hiking ou até mesmo trekking.

Fabricada em couro legítimo, tratada com óleos minerais e vegetais, possui forro ventilado com microfibras que transportam o suor para o tecido exterior e palmilha de EVA, com 15mm de expessura que garante muito conforto. Possui língua travada, ou seja, costurada em quase todo o seu comprimento, e ganchos de metal que são “airport firendly”, evitando desconfortos em detectores de metais em aeroportos e bancos.
O solado de borracha é blaqueado e possui tecnologia antiderrapante, garantindo segurança e estabilidade em vários tipos de terrenos.

 

Campo de teste

Essa bota foi testada em um trekking de média dificuldade na Serra do Ibitiraquire, no interior do Paraná, em dois dias chuvosos e temperatura média de 14ºC.

Também utilizei-a durante minhas indas e vindas na cidade, no trabalho, viagens de moto, etc.

 

Como foi?

Como disse, usei a bota em situações distintas e seria injusto e incoerente julgá-la apenas pelo uso urbano ou mais técnico. Portanto, veja o vídeo abaixo e leia atentamente as linhas a seguir.

Essa bota Sahara Stone me surpreendeu bastante pelo conforto ao usá-la no dia a dia. Por não conhecer a marca Cardume, não esperava encontrar um produto de qualidade e tão confortável quanto se mostrou ser.

Por fora apresenta ser uma bota robusta, de couro, e ao mesmo tempo é bastante leve e confortável.

Os passadores tem bom acabamento, mas senti falta de uma trava para dificultar o afrouxamento do cadarço. Para minimizar esse problema, pode-se usar alguns tipos de passadas e nós.

A língua é costurada quase até na boca da bota, o que evita passagem de água e sujeira. Porém, vale ressaltar que esta bota não é impermeável, apensar resistente, o que significa que se o volume de água for grande ela irá absorver e encharcar seus pés. Sinceramente, esse é o principal ponto fraco da bota.

Já o interior, que apresenta ser simples, faz seu show a parte.
Passo várias horas com ela e no final do dia meus pés continuam secos. Isso utilizando meias simples e realizando atividades leves, como idas ao banco, passeio com o cachorro, entre outras.

Nos testes que realizei na Serra do Ibiritaquire o maior agravante foi a chuva. Como disse, ela não é impermeável e em pouco tempo de trilha com lama e chuva, meus pés molharam. Gostaria poder realizar outros trekkings longos como esse (aproximadamente 6h de caminhada) mas com tempo seco, para saber o comportamento da bota, já que até em dias mais quentes meus pés não transpiram quando estou com ela.

Outro ponto que vale ressaltar é que a biqueira não é totalmente rígida, o que pode causar alguma lesão no caso de uma “topada” mais forte.

No meu caso eu não tive nenhum problema com bolhas ou machucados onde a bota pudesse pegar no meu pé. O conforto, como já disse, me surpreendeu muito em todos os cenários testados.

 

Conclusão

Para o uso na urbano eu recomendo ela sem pestanejar. Possui um excelente custo benefício!

Já para uma pegada mais técnica, ela não tem tanta desenvoltura.

 

Amaciar

Mas antes de colocar uma bota de couro nova no “campo de testes”, ela deve passar por um período de “amaciamento”. Consiste em utiliza-lá por alguns dias em situações diversas para que o couro e o seu pé “entrem em sintonia”.
Particularmente gosto de subir e descer escadas! Realizar algumas caminhadas, de preferência com mudanças de níveis de inclinação.
Esse processo é extremamente recomendado. Quanto mais tempo realizá-lo, menor a probabilidade de machucados e/ou bolhas decorrente do atrito da bota com os pés.

 

Onde comprar?

Basta clicar aqui: Bota Sahara Stone na VentureShop

Até o próximo review!

Formado em analise e desenvolvimento de sistemas mas atua como representante comercial, começou a praticar esportes de aventura em 2008 com o trekking e incluiu recentemente a escalada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

2 Comentários

    • Olá Fabricio! A ideia é exatamente essa, buscar novos equipamento, testa-los e mostrar o resultado aqui no blog. Se tiver alguma dúvida, crítica ou sugestão, pode mandar! Valeu! Abraço