A História do Airsoft: Como Tudo Começou

Nós falamos frequentemente aqui no nosso blog sobre diversos assuntos relacionados à Airsoft. Diversas formas de praticar, reviews de armas e dicas de segurança. Falamos dos modos de jogo e das posições táticas. Agora chegou a hora de falarmos sobre um pouco da história do airsoft, nosso esporte favorito, e como tudo começou. Vamos lá?

 

O Airsoft inicialmente surgiu na Ásia, mais precisamente no Japão. Lá, o controle de armas é muito rigoroso. Isso se dá pelo passado de guerra, principalmente pela segunda guerra mundial. Sendo assim, eles não possuíam contato, nem mercado e nem permissão para ter armas.

 

Um grupo de pessoas amantes de armas e de tiro esportivo, em 1970 no Japão, criou o conceito do jogo. Elas criaram também as armas, porém a fabricação em larga escala foi feita por uma indústria japonesa chamada Tokyo Marui. Você possivelmente deve conhecer, pois, eles fabricam armas para Airsoft até a data de hoje!

 

A modalidade inicialmente era voltada para tiro ao alvo. Conforme o tempo passou, ganhou as formas de combate e simulação, junto com fãs e praticantes pelo mundo todo. O Airsoft se espalhou rapidamente pelo oriente, em países como China, Taiwan, Coreia do Sul, Filipinas e entre outros. Estes países são inclusive os maiores fabricantes e exportadores de armas e Airsoft, e, atualmente, a Copa do Mundo de Airsoft ocorre em Taiwan.

 

No Brasil, a modalidade demorou um pouco a chegar. Pousou por aqui no início dos anos 2000 e começou a ganhar fama aproximadamente em 2003. Devido ao preconceito embutido no uso de armas, réplicas de armas de fogo famosas, o Airsoft como esporte demorou um pouco a ser reconhecido. A portaria que regulamenta e regulariza veio apenas em dezembro de 2007.

 

Hoje em dia, é uma modalidade bem reconhecida e com fãs pelo mundo todo, tanto oriente quanto ocidente. Porém, ainda temos um grande caminho para divulgar e abrir a mente das pessoas ao nosso esporte tão adorado.

E aí? Gostou da história do airsoft? Qualquer dúvida, crítica ou sugestão, deixa pra gente nos comentários. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *