Tiro Esportivo: dicas e técnicas para se aperfeiçoar

Fala, galera! Beleza? Hoje trouxemos algumas dicas e técnicas infalíveis do nosso especialista Nelson L. De Faria para se aperfeiçoar no Tiro Esportivo. Vamos lá?

 

Eis algumas dicas importantes para você melhorar seus agrupamentos:

 

1. Controle do recuo
2. Controle da respiração
3. Controle da visada

 

CONTROLE DO RECUO

 

Armas de mola (springer) apresentam recuo que é mais fraco ou mais forte dependendo da concepção da arma.

 

O controle do recuo é feito segurando a arma levemente, sem apertar as mãos e sem forçar a arma contra o ombro.

 

Se o tiro for apoiado, o apoio deve ser macio e no caso de superfície rígida, colocar a mão de sustentação entre o apoio e a arma.

 

Se você só atira com PCP, adquira uma springer e se tornará um atirador ainda melhor, visto que a springer exige mais controle.

 

CONTROLE DA RESPIRAÇÃO

 

A respiração é fator de grande importância no tiro. Por isso, o disparo deve ocorrer no momento que o ar é expirado, ou seja, posto para fora.

 

Respire normalmente, sem prender a respiração e atire ao seu tempo. Embora haja dicas e técnicas de respiração, cada atirador tem o seu comportamento.

 

CONTROLE DA VISADA

 

A visada deve ser feita de modo que o atirador não force os olhos e tenha a melhor aquisição do alvo.

 

Com miras abertas, a visada deve ser feita de modo que a massa de mira fique nítida e a alça de mira e o alvo apareçam com menor nitidez.

 

A visada com miras óticas (luneta e red dot) deve ser feita, preferencialmente, com os dois olhos abertos, tanto por questão de segurança quanto para não cansar o olho de visada, mantendo a mesma posição da cabeça em relação à mira para os tiros.

 

Na visada com luneta, o retículo deve estar mais nítido do que o alvo.

 

E aí, gostou das dicas do especialista? Tem alguma dúvida, crítica ou sugestão? Deixa pra gente nos comentários! Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *