Alta Velocidade e Tiros a Longa Distância

Por Nelson L. De Faria

 

Armas de pressão de alta velocidade são projetadas para tiros a longo alcance, isso é óbvio. Mas, até que ponto a velocidade deve ser alta e como não perder rendimento?

 

Para que o tiro a longo alcance tenha precisão, é preciso que o projétil vença o arrasto aerodinâmico e retenha energia.

 

A alta velocidade é responsável pelo arrasto maior, e uma velocidade muito baixa não permite que o projétil tenha energia a longo alcance.

 

Contudo, indiferentes aos critérios técnicos e à ciência balística, os fabricantes usam a alta velocidade como principal atrativo de venda. E este apelo funciona, pois a falta de conhecimento leva o público a se surpreender com as velocidades anunciadas.

 

Mas tem um porém. Os chumbinhos se comportam bem a velocidades abaixo da velocidade do som, ou seja, abaixo de 340 m/s (1115 fps) e preferencialmente não superiores a 305 m/s (1000 fps).

 

Em armas de pressão que produzem velocidades supersônicas ou muito próximas da velocidade do som com chumbinhos leves, a melhor forma de conseguir esses valores é utilizar chumbinhos pesados. Eles devem ser pesados o suficiente para manter a velocidade inicial entre 270 m/s (885 fps) e 305 m/s (1000 fps). Esses valores são para o calibre 4,5 mm (.177).


O calibre 5,5 mm apresenta melhor desempenho a velocidades abaixo de 260 m/s (850 fps) devido a maior área que também contribui para o aumento do arrasto.

 

Em certos casos, a energia inicial pode ser mais baixa com chumbinhos mais pesados do que com chumbinhos mais leves. Porém, os chumbinhos mais pesados apresentam CB mais alto e retém mais energia durante o percurso. Sendo assim, a energia do chumbinho é maior ao atingir o alvo, mesmo sendo menor ao deixar a arma.

 

Portanto, o tiro a longo alcance exige armas potentes, mas a potência não depende exclusivamente da velocidade. O peso do chumbinho e a sua forma são o que permitem maior estabilidade e retenção de energia. E eles também são responsáveis pela precisão do seu disparo.

 

Sendo assim, chumbinhos leves a velocidades supersônicas perdem muita energia nos primeiros 10 metros. Por isso, não fiquem deslumbrados com as velocidades anunciadas pelos fabricantes. O Importante realmente é a energia cinética do projétil.

 

E aí, gostou da dica do Nelson L. De Faria? Qualquer dúvida, crítica ou sugestão, deixa pra gente nos comentários! Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários

16 Comentários

    • Bom dia, caro amigo Fabio. Tudo bem? Obrigada por participar do nosso blog!
      Que bom que gostou! Como você, nós também somos amantes de Tiro!
      Qualquer dúvida, pode contar com a gente.
      Forte abraço!

  1. No artigo do Nelson L. De Faria faltou definição de CB . O formato do projétil influi na velocidade inicial, no alcance e na precisão. Para diminuir o atrito entre o projétil e o cano raiado, aumentando a velocidade inicial e alcance, é bom passar dentro do cano da arma bissulfeto de molibdênio em pó.

    • Boa tarde, caro amigo Alexius. Tudo bem? Obrigada por participar do nosso blog!
      É isso mesmo, amigo!
      Obrigada pela complementação.
      Qualquer dúvida estamos à disposição.
      Forte abraço!

    • Boa tarde, caro amigo Vanderlei! Tudo bom? Obrigada por participar do nosso blog.
      Isso mesmo, amigo! Quem já é veterano conhece na prática 😉
      Qualquer dúvida estamos à disposição.
      Forte abraço!

  2. Gostei da dica. É preciso está bem informado para não comprar gato por lebre.

    • Bom dia caro amigo Adelino. Tudo bem? Obrigada por participar do nosso blog!
      Isso mesmo! É sempre bom se informar.
      Qualquer dúvida estamos à disposição.
      Forte abraço!

    • Bom dia, caro amigo Jeffeson. Tudo bom? Obrigada por participar do nosso Blog!
      Que bom que gostou! Ficamos muito felizes.
      Qualquer dúvida estamos à disposição. Forte abraço!

  3. . Sempre que possivel nos enviar mais informações pois são muito aproveitadas , grato , abraços.

    • Boa tarde, caro amigo Alfredo. Tudo bom? Obrigada por participar do nosso Blog!
      Pode contar com isso! Queremos sempre trazer o melhor em conteúdo e informações pros nossos clientes!
      Qualquer dúvida estamos à disposição.
      Forte abraço!

    • Bom dia, caro amigo José. Tudo bom? Obrigada por participar do nosso Blog!
      Que bom que gostou, ficamos felizes em ajudar.
      Qualquer outra dúvida estamos a disposição.
      Forte abraço!

    • Bom dia, caro amigo Romerito! Tudo bem? Obrigada por participar do nosso blog.
      Que bom que gostou! Ficamos felizes.
      Qualquer dúvida estamos à disposição.
      Forte abraço!