Airsoft no Programa A Liga – Exposição, Popularização, Visibilidade.

Ontem, dia 19/08/2014, o Airsoft foi “protagonista” do programa “A Liga”, da Rede Bandeirantes de Televisão. O quadro levava o nome de “Soldados por Diversão”. Para quem não viu, clique aqui e assista ao vídeo do programa.

Desde então muito tem sido dito sobre os aspectos que foram apresentados, falhas com relação à preceitos básicos, informações que faltaram. Não vamos entrar neste mérito, pois não queremos ser “inquisidores”. Mas a principal discussão, e que é o pilar desta discussão é: A exposição, e popularização do esporte, e positiva ou negativa?

Não vamos defender uma ou outra posição, até por que esta discussão é bastante ampla, e pode ser muito aprofundada. Mas o debate deve ser feito. Por isso, convidamos você à deixar nos comentários a sua posição sobre o assunto.

A principio, a exposição nestes grandes meios de comunicação geram maior visibilidade para o esporte.

Esta grande visibilidade atrai mais jogadores. Com isto os jogos tem cada vez mais operadores, se tornam mais completos e complexos, temos mais times se formando, mais confraternização.

Além disso, abre os olhos de muitos empresários para o mercado em plena expansão, o que aumenta a concorrência, e, com o livre mercado, e maior volume das importações, os equipamentos e acessórios tendem à se tornar mais acessíveis.

Por outro lado, quantidade não é sinal de qualidade. Muitos aventureiros acabam entrando no esporte. E grande parte das vezes, não estão preocupados com toda a disciplina e honradez que o esporte exige.

O brasileiro não tem esta cultura. Nosso esporte de final de semana é o futebol (falo em âmbito geral), onde a “malandragem” predomina. Quando este “peladeiro” entra no Airsoft, com uma visão deturpada do esporte, sem um estudo mais aprofundado, se tornando aquele jogador sem Fair Play.

Um outro ponto importante é que nosso esporte é mal visto por muitos setores da nossa sociedade. É preciso sim uma grande responsabilidade de todos que praticam, e, principalmente quem o expõe.

Um errinho ou uma pequena falha podem por a perder o trabalho de anos de várias pessoas. Essas dedicaram suas vidas a tornar o Airsoft um esporte permitido de ser praticado. Além é claro de acabar com o esporte amado por todos.

Então, mais pessoas praticando, a chance de algo de ruim acontecer é muito grande. Este “algo de ruim” pode ser desde alguém se ferindo em um campo por não usar equipamento adequado, até alguém usar o equipamento de forma inadvertida com pegadinhas e usos inapropriados das armas, vestes, etc..

Por outro lado, mais pessoas praticando, maior a força do esporte, e, menor o interesse político de alguém “acabar” com ele.

É importante que ao entrar no esporte, todos conheçam as regras, leis e tudo o que rege o bom andamento.

Fato é que estamos em um momento muito delicado. Onde se fizermos tudo certo, o esporte irá se desenvolver cada vez mais sólido. Com melhores condições para todos. Porém, se falharmos, podemos colocar tudo por água abaixo.

Por isso, essa discussão deve sim ser fomentada, e, com isso, todos passem a entender a importância que cada um de nós temos para que as coisas corram da forma mais positiva para o esporte Airsoft.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *